Do outro lado da janela

20/11/2016


Do outro lado da janela

Do outro lado da janela, tudo parece sereno e tranquilo, diante dos meus olhos.

A beleza de cada amanhecer e anoitecer, me trazem a alegria para dentro do meu viver.

Do lado de dentro da minha janela, a vida flui naturalmente, me sentindo segura e protegida pelo conforto do meu lar.

Entretanto um dia, sem razão ou motivo aparente, eu me vi do outro lado da minha janela, e nada era como eu via, de dentro da minha janela.

Diante de cada amanhecer e anoitecer eu vi e vivenciei esta dor, dor física e espiritual, dor sem outra igual. Pois diante de tanta beleza, está escondida uma imensa dor, dor que só se revela para quem sai de dentro de sua própria janela.

Dor que te leva a compreender que tudo que pensava que saiba até aqui, não é nada perto do novo aprendizado.

Você aprende que é nas coisas mais simples, que mora o segredo da superação e, a grandeza do viver.

Você aprende adquirir a visão do que está oculto do outro lado da janela. Visão que te faz vivenciar a vida por caminhos até aqui nunca vividos

Do outro lado da janela mora o conhecimento que me leva ao encontro do verdadeiro Amor.

Amor que opera silenciosamente, fazendo verdadeiras transformações em minha vida.

Tudo jamais será como antes, porque o segredo foi revelado, foi vivenciado de uma forma em que o Amor tem o poder Maior.

Tudo pode ser uma fração de segundo.

Tudo pode ser mudado de uma hora para a outra.

Tudo pode ser tudo, ou não ser nada.

Tudo do ponto de vista de cada um/a

Hoje nós podemos você estar de pé, mas amanhã podemos estar prostrados no chão.

Hoje nós podemos enxergar todas as coisas, mas o amanhã podemos abrir os olhos, então percebemos que estávamos cegos o tempo todo, e agora recuperamos a visão, não a visão física, mas a visão do coração.

Hoje podemos nos achar que somos o máximo, mas amanhã podemos perceber que o poder, que acreditávamos que tínhamos, não tem valor algum.

Hoje temos que... e podemos fazer muitas coisas, mas amanhã podemos perceber que nada do que tínhamos e podíamos fazer, não tem tanta importância, quanto as coisas mais simples... Como: levantar-nos sem ajuda, fica de pé, darmos um passo, pegar um copo d'água...

Hoje você dá valor ao ter, amanhã você pode dar valor ao ser.

Hoje você não dá importância a certas coisas, que no amanhã foram toda a diferença no nosso viver.

Por tudo que temos, e podemos fazer, agradeçamos a Deus, pois tudo pode ser mudado de uma hora para a outra.

Creiamos apenas na força do Amor. Pois Ele pode fazer verdadeiros milagres em nossa vida.