No dia de hoje sinto saudade

08/11/2017

No dia de hoje sinto saudade

Do dia de ontem.

Entre as paredes dos prédios da cidade

Sinto falta da casinha do campo.

Na busca acelerada de altos cargos no trabalho

Sinto necessidade da serenidade da labora, de colocar m Minhas mãos em contato com a terra.

Dentro do transito da cidade

Sinto saudade das caminhadas a pé entre os campos e Vilas e o som do carro de bois.

No corre da vida, sem tempo para nada,

Sinto saudade da calmaria daquela casinha antiga, que Ficou no abandono lá no passado!

Vida que busca, mas não encontra por conta da Atualização do presente.

A natureza grita por nós, mas nem sempre a escutamos, Ou compreendemos o que ela deseja de nós!

Que não percamos a sua essência, que não a deixemos Morrer por conta de nossa falta.

Que as coisas do mundo não maculem o nosso ser

para podermos viver

A essência do verdadeiro Amor

Do Nosso Criador.