Olhar no horizonte

22/11/2016

Com olhar no horizonte

Sinto o futuro

Diante da serenidade

Do rosto da criança

Que cultiva a esperança

Na visão do Amor

Através da mais bela flor.

Na escuridão do mundo

Não podemos nos entregar ás trevas,

Mas sim, resgatar o que foi perdido

Mas não esquecido

A cor de um novo amanhecer coberto de luz.

Resgatar e manter vivo dentro de cada criança

A liberdade de sonhar com um mundo coberto de cores e fantasia.

Um mundo que só ela pode entender

Viver e sentir.

Um mundo em que ajudará a compreender

O que está por vir.

Quando adultos quase esquecemos

Que um dia fomos criança

Que gostávamos que entrassem em nossos sonhos

E vivessem junto conosco o nosso mundo fantástico

Aonde só existia a força do Amor.