Para você Papai

08/11/2017

Para você Papai

Certa noite, você meu pai, saiu de casa para trabalhar, mas não retornou para casa, pois no caminho de volta, sofreste um acidente de moto, levado ao hospital, naquela noite, você subiu ao céu, me deixando, sem a sua doce presença física, em minha vida.

Eu tão pequenina, não entendi nada, apenas senti que não nunca mais ia te ver fisicamente, em minha vida, mas que estavas bem pertinho de mim, neste momento de dor.

Cresci e me tornei esposa e mãe, mas sua presença permanece dentro do meu coração desde sempre. Continuo sentindo a sua presença tão forte, que quase posso vê-lo, e mesmo não me recordando de seu rosto, eu consigo sentir, como você é, meu pai.

Pai, você foi para o céu, mas ainda conseguiste me ensinar tão grande e valioso é um gesto de amor, por mais simples que seja. Aquele pratinho azul, contendo uma sopinha quentinha, a qual você me deu, quando eu estava tristinha, fez toda a diferença, pois através deste seu doce gesto eu pude sentir a força do Amor.

Você me ensinou que só com o amor, nós podemos construir a nossa felicidade,

Você também me ensinou que o ciúme não nos deixa ver quanto é valioso o amor.

Que o ciúme pode nos afastar de quem nos mais amamos.

Que o ciúme é bom, mas na dosagem certa, pois toda a pessoa que ama sente ciúme, mas quem sente ciúme em demasia é doente. Na realidade, que ama de verdade tem a certeza do quanto é grande e lindo é o amor incondicional.

Meu Pai, obrigado pelo seu amor e sua proteção, pois mesmo junto ao seu e meu Pai do Céu, você nunca me deixou sozinha.

Meu pai, obrigado pelo seu eterno amor, que vai alem da compreensão humana.

Obrigado, meu pai, meu amigo de todas as horas.

Obrigado por tudo.

Meu pai obrigado de todo o meu coração.

Eu te amo muito, desde sempre e para todo o sempre e sempre... meu muito amado pai, que agora és uma gotinha do Amor do Nosso Criador!