Reflexo

10/01/2017


Eu sou o mar, transparente, puro, e poderoso.

Sou transparente porque a água pela qual sou composto não tem cor, mas por conta da minha mansidão de quantidade e profundidade, junto com a luz do sol, todos me veem de cor azul.

Sou puro e limpo, porque só aceito dentro de mim,  tudo que tenha vida, pois todo que esteja morto eu jogo para fora.

Sou poderoso, porque aqueles que me conhecem me respeitam, e os que não me conhecem me temem, com isso me deixam quieto, mas há aqueles que não ligam nem se importam comigo e tentam me ferir, então para me defender eu os fofoco, e sem eu querer lhes tiro a vida. Não porque eu queira, mas porque mais forte que eu seja, tem alguém muito mais forte do que eu, que comanda meus comandos.

Eu sou o céu transparente, puro e poderoso.

Eu sou transparente porque não tenho cor, mas por conta da minha extensão do meu tamanho que, não tem começo nem fim, junto com a luz do sol, todos me veem de cor azul.

Sou puro porque nenhuma impureza terrena consegue me atingir, porque mais perto eles chegam, mais longe eles me veem.

Entre a terra e o meu existir, as aves voam de um lado para o outro observando o verde e o colorido de toda a natureza do meu Criador.

Sou poderoso porque o meu espaço mora o sol, as nuvens, a lua e as estrelas.

A luz do sol ilumina o dia e esquenta a terra.

As nuvens brancas vão ao encontro umas das outras pela a força do vento, uma vez juntas vão se tornando mais escuras e pesadas, aponto de descarregarem a água que evaporou da terra, sobre ela mesma, para refrescá-la e a tornar mais fértil.

A lua e as estrelas tornam a noite menos pesada com o reflexo da claridade de sua luz, fazendo a terra germinar a vida.

Eu sou a natureza poderosa, porque estou presente no mar no céu e na terra.

Eu mexo com as águas do mar dos rios e dos lagos.

Eu faço o vento mexer as flores dos jardins,  com as arvores dos pomares e florestas, junto com as nuvens do céu, eu faço com que aja dias de sol e enevoados, dias de tempestade de chuva, neve e areia, e também dias de muita calmaria.

Todos podem me ver nas águas do mar dos rios e lagos, todos eles refletem todas as imagens que eu estou presente.

Eu sou o reflexo da presença de Deus.

Eu sou o reflexo de Deus.

Quem me admira pode sentir a terna presença do Amor do Pai.